UFC Fight Night 114: Sergio Pettis vira luta contra Brandon Moreno e vence na decisão

Sergio Pettis (Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC)

O equilíbrio tomou conta das papeletas dos juízes na luta principal do UFC Fight Night 114. O peso mosca mexicano Brandon Moreno lutava em casa e fez um grande primeiro round, mas perdeu o foco nos assaltos seguintes e permitiu uma recuperação de Sergio Pettis, que ainda fez um quinto round equilibrado. Na decisão, vitória de Pettis por decisão unânime.

A luta começou com chutes baixos de Moreno e uma queda. Sergio fechou a guarda e permaneceu por baixo travando um braço de Brandon. Moreno partiu pra cima e conseguiu as costas e permaneceu lá por um bom tempo, tentando finalizar e aplicando ground and pound, em um round bem dominante.

No segundo, Moreno começou provocando, arriscando chutes. Pettis tinha o controle da luta, soltava bons golpes e escapava das tentativas que Brandon tinha de levar a luta pro chão. Pettis arriscou mais um chute, Brandon usou a oportunidade pra levar a luta pro chão. Sergio surpreendeu e tentou finalizar, forçando a luta a voltar pro centro na troca de golpes. O americano teve mais sucesso usando bons chutes.

No terceiro, Pettis soltou bons chutes sobre Moreno, que provocava mais do que golpeava. Sergio acertou um bom chute no mexicano, que tentou a queda e levou uma bela direita. O americano partia pra cima, respondia os golpes desleixados aplicados por Moreno. No final do round, outro bom golpe de Pettis, que abriu um corte acima do olho de Moreno.

No quarto round, Sergio voltou em um ritmo forte novamente, soltando os melhores golpes em Moreno, que veio com uma postura mais séria, mas sem efetividade. O ritmo da luta chegou a acelerar em alguns momentos, inclusive com um chute plástico de Pettis no final.

No último round, Moreno foi para a queda e conseguiu, caindo com Pettis fechando a guarda. O mexicano buscou a luta por cima, tentava passar a guarda a todo momento e usava um ground and pound. Brandon tentou pegar as costas de Sergio, mas não conseguiu, dando espaço pra luta retornar para a trocação, onde eles tiveram um momento animado antes do fim.

COMPARTILHAR
17 anos, fã de MMA, pseudo-jornalista e pseudo-cinéfilo. Ah, Stones > Beatles.