Frankie Saenz fala sobre Tanquinho: ”Respeito o chão dele, mas ele precisa respeitar o meu”

Frankie Saenz (Foto: Sportsfille)

O primeiro evento do UFC em 2017 será na cidade de Phoenix, no Arizona, e um dos lutadores que terá a chance de lutar no estado natal é o peso galo americano Frankie Saenz, que medirá forças contra o brasileiro Augusto ”Tanquinho” Mendes.

Em entrevista ao Olimpo MMA, Saenz comentou sobre a atual fase. Vindo de duas derrotas seguidas, ele admite uma certa preocupação em ser cortado, mas mostra confiança para o combate:

”Eu estaria mentindo se dissesse que não (demissão), mas eu já lutei com o melhor nível de competição do mundo. Será a minha sexta luta no UFC e três de meus adversários já foram ranqueados. Não estou aqui para pegar caminho fácil, gosto de me testar e me sinto melhor lutando sob pressão.”

Seu adversário será Augusto Tanquinho, campeão mundial de jiu-jítsu e que tem quatro de suas cinco vitórias por finalização. Saenz respeita o brasileiro, mas acredita no seu jogo:

”Eu respeito o chão dele, mas ele precisa respeitar o meu. Sou um lutador completo e confiante em qualquer parte que a luta for.”

Natural de Phoenix, Frankie mostra felicidade por estar presente na segunda edição do Ultimate na cidade. Ele também comentou sobre a expectativa:

”Lutar em um card do UFC em Phoenix é um sonho se tornando realidade. Minha família, amigos e fãs poderão me ver em ação no grande palco. Isso me anima e motiva a dominar nessa luta.”

Para o combate, Frankie Saenz comentou sobre os diferentes treinamento que fez durante o seu tempo fora do octógono, e acredita que será mais imprevisível no confronto que acontecerá no próximo domingo:

”Eu estou trazendo diferentes ferramentas para essa luta. Eu tive a chance de viajar no meu tempo fora e ver diferentes academias, treinadores e parceiros de treino. Eu escolhi bastante, então serei mais imprevisível”

Com 36 anos de idade, Saenz também não acredita que os seus anos de luta estão próximos do fim, mesmo em uma divisão onde os lutadores tem o costume de anunciar a aposentadoria mais cedo:

”Eu sou uma pessoa que escuta o meu corpo. Me sinto bem e não comecei a lutar até os 29 anos. Então, não tenho muito tempo de luta. Eu sei quando será a hora de pednruar as lutas, mas agora, estou focado em vencer.”

O UFC Fight Night 103 será realizado no dia 15 de janeiro na Talking Stick Arena em Phoenix, Arizona.

COMPARTILHAR
17 anos, fã de MMA, pseudo-jornalista e pseudo-cinéfilo. Ah, Stones > Beatles.